Conhecendo os segredos de Deus

23/03/2014 12:22

Conhecendo os Segredos de Deus

 

Índice

Jonas o escolhido – Aprendendo a obedecer

Medo e coragem – Aprendendo a confiar

Hino de vitória – Aprendendo a esperar

História e geografia – Aprendendo a ser

Sabendo das coisas

1. Porquê existimos

2. Para quê existimos

3. Situações

As igrejas receptoras do Apocalipse – Sabendo quem sou

Créditos

 

I

Conhecendo os Segredos de Deus

O segredo do SENHOR é com aqueles que o temem; e ele lhes mostrará a sua aliança.

Salmos 25: 14

Quando experimentamos o poder de Deus, percebemos como é sua forma de trabalho. Descobrimos como pode algumas igrejas atingir certo grau de excelência se tornando referencial de "Filadélfia", ou de fidelidade.

Como pode uma igreja permanecer ou se tornar viva? O que Deus faz com ela para que isto venha ocorrer? O que ela faz para que aconteça assim?

Igreja de Cristo é um grupo de pessoas chamado de corpo, a igreja de Cristo é o corpo do próprio Cristo. Algumas vezes este corpo pode vir a adoecer, enfermar, perdendo sua saúde pelo pecado. Desta forma esvai-se a vida devagar. É muito difícil um doente morrer de uma vez morre-se aos poucos. Para a igreja manter-se viva é necessário que ela deseje. Sabemos que o pecado está sempre a nos rodear, não podemos deixá-lo entrar em nossas vidas e precisam ser retirados dela os que existem. Quando a contaminação pelo pecado começa tomar conta de uma vasta maioria de crentes, aquela igreja está em processo de "falência múltipla dos membros". Quando a alegria de alguém se dá pelo pecado essa alegria é de morte, o salário do pecado é a morte. Um crente que foi abençoador agora não é mais. Amargo, duro, legalista, o que aconteceu com ele? Está sem vida.

Como Deus restaura a vida e saúde de sua igreja?

Deus curando através do pastor - Jesus o bom pastor que dá sua vida pelas ovelhas é o instrumento de Deus para a restauração de uma vida. Toda a obra que acontece na vida de uma ovelha se deu primeiro na vida de seu Sumo Pastor - Hebreus 4:15 - Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.

A tentação que vem sobre o pastor acontece em seus momentos de solidão, basicamente naquele instante aquela tentação se espalha em todo o rebanho, ela não está somente sobre o pastor. Quando um membro cai em tentação é ruim, mas quando a queda na tentação é na vida do pastor isto é devastador, seu poder de destruição é derramado sobre seu rebanho através de seus atos, cada dia piores.

Ao anjo que está na sua igreja... Deus trabalha nele e através dele para que as curas possam ocorrer primeiro nele depois através dele. Assim como Jesus foi e vai à frente de seu rebanho, Deus coloca os pastores; estes são tentados não para caírem, mas para alcançarem vitórias de fé e que sejam exemplos.

Jesus ao ser conduzido pelo Espírito para o deserto a fim de ser tentado pelo diabo, o objetivo não era a derrota, mas sim a vitória.

Deus curando pelo escândalo - Quantos pecados ocultos são deixados quando ocorre um escândalo que choca toda uma igreja?

Deus curando pela dor - o livro de Neemias mostra a restauração ocorrida após a dor do cativeiro babilônico. Finalmente o povo de Israel estava curado do pecado da idolatria. Nunca mais adorariam o pau ou a pedra. Aconteceu o reavivamento.

O reavivamento é a cura do corpo - Aquele que estava morto reviveu. Podemos comparar o reavivamento a uma criança; energético, inquieto, feliz, proclamador.

Valor da palavra - No avivamento há um forte desejo em ouvi-la e praticá-la. A prática da palavra trará incômodo num momento inicial, pois que fará tomar nova atitude. A palavra sempre revoluciona não há imparcialidade diante dela tem-se que dizer sim ou não. Haverá constrangimento, pois esta nova atitude em relação à palavra será interpretada de forma antagônica por aqueles que estão contrários a ela. Haverão inimigos declarados e ocultos dentro das igrejas e denominações. Nem todos renascem ao mesmo tempo, e nem todos experimentarão este novo momento.

Unção na palavra - O mensageiro não fala mais por que tem que falar, mas sim aquilo que Deus lhe dá. É sempre um prazer ouvi-lo, aquele homem será sempre um instrumento de Deus. Um violão afinado que não tocará por si e que não quererá a glória e a honra, pois ele sabe quem toca. Muitos serão ungidos pelo Senhor para que a palavra seja abundante no seio da igreja. Haverá festa em todos os cultos, no templo ou nas casas.

Desejo pela palavra - O despertamento para a leitura da Bíblia será contagiante. Cada dia mais e mais irmãos estarão se alegrando com as descobertas dos segredos de Deus em sua palavra.

Podemos dizer que teremos uma correria para se chegar aos cultos e muitos estarão orando de contínuo pelos pregadores para que Deus dê a eles a palavra.

Fé na palavra e credibilidade nos que a pregam - Haverá paz naquela igreja, o ministério pastoral será de tranquilidade, sabedoria e leve. O desejo de pecar cada dia é menor, uma forte vontade de acertar e fazer sempre a vontade do Pai do Céu. A oração daquele ministro será; Oh Senhor toma meu coração para que eu não peque contra Ti! A palavra daquele homem de Deus será acompanhada com sua vida, naturalmente uma se confundirá com a outra não veremos dois ministro um no púlpito e outro ao descer dele. Será um homem de fé, acreditarão nele. Será um homem de fé tudo que ele ensinar experimentará primeiro. Será um homem de fé ele crerá no que diz.

Ações produzidas pelo reavivamento - Um corpo que voltou a vida é algo que só pode ser visto por quem nasceu de novo e não está dormindo com o sono da morte do pecado. Não se fala de vida a um morto sem que primeiro falemos dele ao Senhor da vida - Jesus. O avivamento nos faz interessados pelos que estão mortos, oramos intensamente por eles. Pelos que nunca experimentaram a vida e por aqueles que precisam voltar a viver.

Como pode uma igreja permanecer ou se tornar viva? Orar. Não desprezar aquele que dá a vida, sem Ele nada somos, nada podemos. Somos os ramos da videira é preciso estar ligados à árvore. Podemos ter dinheiro, conhecimento, métodos e organizações, mas sem Jesus nada somos. Mortos.

O que Deus faz com a igreja para que ela se torne viva? Ensina, exorta, repreende, castiga, chama para perto, fala ao seu coração. Se ela ouvir Ele entra e faz a festa. O que ela faz para que aconteça assim? Abrir a porta. Abrir a porta é dizer sim, é arriscar, é colocar na terra o grão de mostarda, tirar a pedra do túmulo, entregar a Jesus os pãezinhos, encher de água as talhas sem discutir. Abrir a porta é crer, abrir a porta é obedecer ao que ama a sua igreja e a si mesmo se entregou na cruz por ela. Abrir a porta é fazer a nossa parte, é desafiadora, mas é pequena em relação à parte do Salvador.

Os segredos de Deus são revelados aos que o amam.

http://pt.scribd.com/doc/204387390/Conhecendo-os-Segredos-de-Deus