Há injustiça da parte de Deus?

04/07/2013 11:12

Há injustiça da parte de Deus?

Romanos 9: 14

Há um propósito de Deus eleger, e esse propósito não está preso ao eleito, mas em quem elege – Romanos nove onze, nos mostra dois gêmeos que não haviam nascido, porém um estava escolhido em amor por Deus e o outro estava rejeitado em ira. A eleição se dá antes do nosso nascimento, e isso não é injusto da parte de Deus, as obras da carne não são nosso referencial para a eleição.   Logo não está em nós, mas no Senhor Deus que elege.

Havendo uma promessa de Deus para ser cumprida, ela acontecerá, pois quem promete é poderoso para fazer acontecer, assim os crentes, ou melhor, os que creem serão fortalecidos pelo cumprimento da promessa – Romanos 9: 9.

Abraão foi pai de Ismael e Isaque, mas a promessa de um herdeiro foi feita para Isaque, antes de nascer. A carne e o sangue não são herdeiros da promessa. O herdeiro da promessa vai nascer sempre pelo Espírito, não pela força da carne, nem do sangue, nem do varão, mas de Deus.

Ismael era o filho primogênito, era filho de Abraão, foi gerado por consentimento de Sara, mas Deus não o elegera para a promessa de filho, e sim a Isaque. Há injustiça da parte de Deus por isso?

É ótimo sabermos como Isaque foi gerado, as impossibilidades de Abraão e de Sara por serem velhos. Não é pela carne nem pela vontade do varão nem do sangue, mas Deus que elege e faz vir à vida.

Deus pode eleger e predestinar? Ele pode compadecer-se de quem ele quiser compadecer como nos diz Romanos 9: 15?

Ele tem misericórdia de quem ele quiser ter misericórdia, não depende de quem quer, mas de Deus que se compadece. Isso é injusto e há por isso injustiça da parte de Deus? De maneira nenhuma é a resposta, ou não tem o oleiro poder sobre a massa, para fazer dela o vaso que desejar?