Oração de um Morto

13/06/2013 18:52

ORAÇÃO DE UM MORTO

 

Havia um homem conhecido e amado por Jesus cujo nome era Lázaro, este morreu e ficou morto durante quatro dias, até que Jesus viesse e o ressuscitasse, chamando-o da morte. Se o defunto orou, em que momento Jesus atende a sua oração? No primeiro , ou nos dias posteriores em que esteve no túmulo? Quando de fato Jesus atendeu a oração do defunto Lázaro?

 Em Efésios dois, verso um, é dito; “e vos vivificou estando vós mortos em ofensas e pecados”, ser vivificado é ser trazido da morte para a vida, é receber aquilo que não temos poder de alcançar, nem mesmo de pedir, pois um morto, não pensa, não pede, não caminha e não decide sair e ir ao encontro de Jesus. A vivificação é, pois trabalho do Espírito de Deus que age poderosamente trazendo da morte para a vida um morto em ofensas e pecados.

Lázaro pode obedecer a ordem de Jesus e sair do túmulo, só depois de ter sido trazido a vida pelo Senhor da vida – Jesus. Marta e Maria suas irmãs e outros que estavam juntos viram a glória de Deus, mas Lázaro experimentou o poder de Deus – um morto ressuscitar.

Lázaro não orou no túmulo, ele estava morto.  Não se ora estando morto, não se pede se se está morto, não pensamos, nem decidimos, nem mesmo cremos, se estamos mortos. Um morto em ofensas e pecados só será despertado para a vida se o Senhor Jesus assim o desejar, havia muitos mortos, mas só Lázaro foi chamado à vida.

Textos – João 11 e Efésios 2: 1

ORAÇÃO DE UM MORTO.pdf (32,5 kB)