Filhos do Diabo – Introdução à série

10/01/2014 09:30

Nesta série de cinco artigos serão apresentadas as várias manifestações, ações e comportamentos identificadores dos filhos do Diabo. Veremos exemplos e preceitos ditados por Cristo Jesus sobre os tais.

Faz parte da índole do Diabo manter oculta a informação para que não se reaja e não se defendam aqueles que estão sendo salvos dele. Por isso ele também é denominado, príncipe das trevas, não somente trevas do pecado, mas do saber das coisas de Deus.

Como se comportam os filhos do Diabo, como e onde são identificados, já nascem filhos, Jesus os identificam.

Estar entre eles não significa ser um deles, e estarem entre os filhos de Deus da mesma forma não os tornam filhos de Deus.

Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do diabo. Qualquer que não pratica a justiça, e não ama a seu irmão, não é de Deus. Porque esta é a mensagem que ouvistes desde o princípio: que nos amemos uns aos outros. Não como Caim, que era do maligno, e matou a seu irmão. E por que causa o matou? Porque as suas obras eram más e as de seu irmão justas.

Meus irmãos, não vos maravilheis, se o mundo vos odeia. Nós sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama a seu irmão permanece na morte. Qualquer que odeia a seu irmão é homicida. E vós sabeis que nenhum homicida tem a vida eterna permanecendo nele. Conhecemos o amor nisto: que ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos.

1João 3:10-16

Contate-nos

Newsletter

Assine a nossa newsletter: