Salmos de Asafe

18/01/2014 11:52

Havia três sacerdotes responsáveis pela música na adoração a Deus, Hemam, Jedutum e Asafe, este último escreveu alguns Salmos bem específicos sobre um tema que é limitação.

"Certamente a cólera do homem redundará em teu louvor; o restante da cólera tu o restringirás."

Salmo 76:10

Um Senhor sem limitações, põe limites e restrições ao homem irado. Descobrimos então que mesmo no desvario da ira não se faz todo o desejo mal do coração, ele tem medidas e o Senhor diz: até aqui tu virás, não mais adiante. Se não fosse assim o mundo teria entrado em guerra total e  já não mais existiria, os homens se eliminariam por sua ira.

"Voltaram atrás, e tentaram a Deus, e limitaram o Santo de Israel."

No Salmo 78:41,  visão é de um povo limitado limitando o Senhor por compara-lo consigo. Este é o povo que tem o nome de povo de Deus.

Quantas coisas por não podermos fazer por nos faltar força, dinheiro, conhecimento ou mesmo vontade, achamos que ninguém mais poderá fazer. Em um tempo de minha vida vendi carros que eu não podia comprar, em outro tempo seguros muito caros, tive que vencer minhas limitações a fim de conseguir obter sucesso em minhas vendas, não é por eu não poder comprar que outros não comprariam de mim. Nosso Deus sempre nos dá ordens impossíveis de cumprir, mas que saibamos; precisamos ir a Ele para receber o poder para a realização das ordens, o Senhor não tem limites.

"Ó SENHOR Deus dos Exércitos, até quando te indignarás contra a oração do teu povo?

Tu os sustentas com pão de lágrimas, e lhes dás a beber lágrimas com abundância.

Tu nos pões em contendas com os nossos vizinhos, e os nossos inimigos zombam de nós entre si. Faze-nos voltar, ó Deus dos Exércitos, e faze resplandecer o teu rosto, e seremos salvos."

E finalmente no Salmo 80:4-7, Asafe fala de si mesmo, um homem limitado, mas que pela graça de Deus conheceu seus limites conhece também o Senhor, agora roga a um Deus que salva eternamente.

Três momentos diferentes, restrição da ira do mal para sustento em vida do manso na terra,  no segundo vemos aqueles que deveriam crer por já terem sido salvos pela poderosa mão de Deus se perderem por limitar o ilimitado Senhor, e o terceiro e último estado, é a percepção que o Senhor dirige, tanto para baixo, como para cima ao seu povo, assim como o Senhor o abandona, Ele também restaura e salva.