Vamos entrar em Romanos nove?

08/09/2013 23:32

Ao terminar o capítulo oito de Romanos a palavra do apóstolo é: Ninguém nos separa do amor de Deus que está em Cristo Jesus. Logo no início do capítulo nove é dito: eu poderia desejar ser separado de Cristo, por amor a meus irmãos.

Mas nada o separaria do amor de Deus que está em Cristo Jesus. 

Sua palavra é; mesmo que os israelitas pertençam ao sangue de Abraão, nem por isso são filhos da promessa. Uma palavra até hoje ofensiva a quem acredita que pode ser filho de Deus por consanguinidade. Nosso apóstolo Paulo, ama seus irmãos, mas não pode deixar de falar a verdade de Deus - nem todos os que são de Israel são israelitas. Ele explica:

Abraão teve muitos filhos, o primeiro deles é Ismael, mas o filho da promessa é Isaque, Ismael não faz parte da promessa, nem os outros.

Romanos 9:9-14 - Deus é injusto?

A palavra da promessa foi enviada a Sara, sobre o nascimento de seu filho Isaque - Uma promessa de Deus não precisa de nossa ajuda. Sara com noventa anos será mãe de Isaque o prometido por Deus. A promessa de Deus é sempre algo impossível ao homem, a glória é dEle, não nossa.

Não são os filhos da carne que são contados como descendência - Isaque não nasceu pela força da carne, nem do homem. Sua mãe era estéril, e velha e seu pai estava com cem anos.

Rebeca gerou de Isaque dois gêmeos; e é dito: “Os gêmeos ainda não haviam nascido, nem feito bem ou mal, para que o propósito de Deus segundo a eleição ficasse firme não por causa das obras, mas por que Deus chama - foi dito a Rebeca, o maior servirá ao menor”. Está escrito (em Malaquias), amei Jacó e odiei Esaú.

Deus é injusto por eleger alguém antes deste ter nascido, não tendo feito bem ou mal, elegendo sem nenhuma obra ter sido feita por eles? Deus é justo ,Ele é o Senhor e faz como quer.

 No início de nossa conversa falamos sobre ninguém nos separa do amor de Deus em Cristo Jesus. Não há separação, pois quem uniu foi Deus e não nós. A união é eterna, antes de nascermos ela já estava feita – isto se chama eleição.